Notícia 15:44 - 10 de junho de 2019

A Mappin, tradicional rede de lojas de departamento que marcou o mercado brasileiro nas décadas de 1980 e 1990, retorna ao varejo nesta segunda-feira (10/06) como e-commerce, dirigida pelo Blue Group, empresa responsável pela operação digital da Marabraz. A plataforma vai contar, inicialmente, com 15 mil itens, entre produtos de cama, mesa e banho, utilidades domésticas, móveis, decoração e outros.

Através do formato digital, a marca poderá atender a todas as regiões do Brasil. Segundo o sócio-diretor comercial da Marabraz, Nader Fares, a ideia do e-commerce é tornar possível que as pessoas encontrem tudo o que procuram, como era a proposta da marca antigamente, mas agora sem precisar sair do conforto do lar. “Sabemos que essa é uma marca muito querida e nostálgica, por isso todos os nossos esforços estão focados para atender às expectativas do público”, afirma o executivo.

A ‘loja digital’ irá manter a identidade visual das lojas originais, focando na experiência completa de compra. “Para isso, estamos investindo mais de R$4 milhões em tecnologias para oferecer um serviço de excelência”, declara o sócio-diretor financeiro da Marabraz, Abdul Fares.

Em contrapartida, o setor operacional terá algumas novidades. Por exemplo, uma linha de móveis de produtos inteligentes, ou multiuso, como cadeiras que viram estantes e gavetas que se transformam em bancos. Ideais para imóveis mais compactos, tendência do mercado imobiliário, com foco em clientes mais jovens.

A marca também anunciou a estreia de um Marketplace para o segundo semestre de 2019. Esta operação, que contará com a participação de grandes varejistas parceiros, vai aumentar o portfólio da Mappin para mais de 500 mil itens.

Fotos: site Mappin