Notícia 09:56 - 09 de setembro de 2019

A Aliexpress abriu uma unidade física temporária no Brasil, na última sexta-feira (06/09), em Curitiba, no Paraná. Esta é a segunda vez que a varejista online expande suas lojas físicas, fora da China, sendo a primeira na Espanha.

Em parceria com a startup local de pagamentos Ebanx, a companhia chinesa inaugurou uma vitrine virtual no shopping Mueller. A novidade tem o formato de guide shop, ou seja, sem estoque. Com isso, as compras só poderão ser realizadas de forma online.

De acordo com o sócio e diretor de marketing da Ebanx, André Boaventura, esta ação tem o objetivo de aproximar os consumidores brasileiros dos produtos chineses. “A loja pode aproximar as pessoas que ainda têm certa resistência ao e-commerce. Pode ser importante para quebrar um pouco não só o receio de comprar na Aliexpress, mas de comprar produtos chineses, como os da Xiaomi”, diz.

A operação ficará disponível até o dia 05 de outubro deste ano.

Créditos/imagem: Internet

Veja também: 

JBS anuncia acordo com Alibaba para vendas de carnes na China 

Unilever fecha parceria com JD.com para aumentar vendas na China 


Veja também