Notícia 18:10 - 16 de abril de 2019

No último ano, o café registrou presença em cerca de 94% dos lares brasileiros. Na Grande São Paulo, o índice foi de 93%, mas, mesmo com números expressivos, o consumo dentro de casa apresentou queda, de acordo com levantamento realizado pela Kantar.

Quando comparado com 2017, cerca de 213 mil casas deixaram de consumir a bebida. Já na análise da rotina semanal de consumo dentro de casa, 74% dos paulistanos beberam café no próprio domicílio com uma média de seis vezes na semana.

Esta mesma queda foi observada fora dos lares. Segundo os dados da pesquisa, cerca de 742 mil paulistanos deixaram de consumir café nas ruas. Em relação ao consumo externo, pôde ser observado que 4% dos habitantes da Grande São Paulo consumiram café em ambulantes, com gasto semanal (tíquete) médio de R$2,60 e 16% em cafeterias com tíquete médio de R$5,54.

Analisando mais profundamente o gasto em cafeterias, os tíquetes ficam 55% mais caros nos finais de semana, aproximadamente R$9,16.

Porém, esses dados não precisam ser alarmantes. A diretora de marketing e insight da Kantar, Giovanna Fischer, afirmou que mesmo com a diminuição do consumo, existem oportunidades no momento de consumo fora do lar. “Como pudemos perceber na análise, o tíquete varia de acordo com os canais de consumo, cafeterias apresentam um gasto muito superior versus ambulantes, por exemplo”, explicou.