Notícia Entrevista Inovação Tecnologia 15:45 - 06 de maio de 2021
Depois de registrar um crescimento de 300% na operação do delivery, no último ano, por conta da praticidade que esses serviços têm oferecido durante a pandemia, a Rede Veran Supermercados, que atua com 13 lojas na Zona Leste de São Paulo, há 51 anos, percebeu que era chegada a hora de contribuir um pouco mais com o meio ambiente e, em parceria com a Eccaplan Consultoria em Sustentabilidade, desenvolveu o projeto Delivery Zero Carbono.
 
"O projeto da neutralização do carbono era um desejo antigo da administração e que ganhou vida após estudos de mercado mostrarem a eficiência da iniciativa. Nossa postura como empresa cidadã foi de sempre olhar e cuidar do entorno. E como estudioso da área de meio ambiente, encontrei após pesquisas, o modelo ideal de projeto e deixarmos uma herança melhor para as próximas gerações", explica o presidente da rede de supermercados, Sandro Benelli.
 
O Delivery Zero Carbono foi lançado no final do mês de abril, em homenagem ao Dia da Terra (22), e trata-se do primeiro sistema de delivery da América Latina a neutralizar o dióxido de carbono (CO2) emitido pelas frotas de entrega da rede. 
 
Para que se tenha uma ideia, o CO2 é responsável por cerca de 60% do efeito estufa que é lançado no meio ambiente, de diversas formas, entre elas pela queima de combustíveis que abastecem os veículos automotores. E de acordo com a Eccaplan, o setor de logística representa aproximadamente 30% das emissões de CO2 do estado de São Paulo. 
 
"Sendo assim, o processo de zerar as emissões de carbono é obtido por meio de uma conta simples: a rota do delivery é monitorada e toda a mercadoria transportada é pesada. Com esses dados é possível conhecer a emissão de carbono proporcional a cada entrega e de todo o delivery. Por meio do sistema Frete CO2 Neutro, a Eccaplan gera ao Veran um relatório com a quantidade de CO2 das entregas. O Veran compensa este impacto ambiental com o apoio financeiro a projetos ambientais certificados, que possuem créditos de carbono. Um dos projetos apoiados será inclusive o de Preservação Florestal Maísa, no Pará", antecipa Benelli. 
 
Além disso, a expectativa da rede é neutralizar 5,500 kg de dióxido de carbono na primeira etapa, mas ao longo do tempo, o propósito do projeto é zerar a emissão de CO2 nas entregas do sistema de delivery próprio. Além disso, nas próximas semanas a rede pretende assinar uma carta de compromisso com a diversidade para aprimorar, dentro do Veran Supermercados, a perspectiva sobre os mais diferentes assuntos a respeito.

"As emissões de carbono da nossa frota são pequenas se comparadas a outras grandes empresas de entregas de mercadorias, alimentação e transporte de passageiros que atuam no mundo, mas nem por isso podemos deixar que essa conta acumule. Saímos na frente de grandes empresas como Amazon, Alibaba, B2W, Luiza, Mercado Livre, Rappi, Uber Eats, entre outros, pois identificamos que as marcas não atuam neutralizando o carbono nas entregas de sistema delivery", conclui.         

 


Veja também