Notícia 14:56 - 22 de outubro de 2019

O último trimestre deste ano contará com a abertura de 570 mil vagas temporárias para o varejo, uma expansão de 13,8% em relação ao mesmo período de 2018, de acordo com avaliação da Associação Brasileira do Trabalho Temporário (Asserttem). Dessas, 366 mil estarão concentradas em São Paulo, estado com maior participação nesta modalidade.

Para o economista da Associação Comercial de São Paulo (ACSP), Marcel Solimeo, o avanço nas contratações reflete a expectativa de uma melhora na economia em 2020.

“A perspectiva de recuperação da economia brasileira no próximo ano, somada ao aumento da demanda dos consumidores, deve impactar positivamente as decisões contratuais das empresas, e caso se concretize, pode levar uma parcela de empresários a absorver parte dos novos admitidos”, afirma Solimeo. “Isso pode ser um novo fôlego para o varejo”, conclui.

As contratações, que historicamente, se iniciam em meados de agosto; neste ano ficaram mais aquecidas no início de outubro, em razão das vendas para o Dia das Crianças, e devem se estender até as compras de final de ano para o Natal, segundo a entidade.

Previsão está de acordo com o levantamento da Asserttem, que projeta que outubro e dezembro devem ser os meses com maior volume de vagas, em comparação a 2018, com crescimento de 19,8% e 21,8%, respectivamente.

O economista explica que a geração de vagas formais através do trabalho temporário, no formato da Lei Federal 6019/74, se tornou uma alternativa de contratação utilizada em diversos setores e para qualquer nível de ocupação, desde o microempreendedor até as multinacionais.

“A modalidade é uma solução para muitos. As empresas que colocaram o pé no freio nas contratações e que usaram esse período para arrumar a casa e enxugar os gastos podem aproveitar o aumento nas vendas para uma retomada”, orienta.

Na sequência da região Sudeste, que tem a maior participação no número de contratações, vem os estados do Paraná (36.899), Rio de Janeiro (34.688), Santa Catarina (26.870) e Amazonas (26.701).

Veja também:

Supermercados mineiros vão gerar 350 mil vagas no Natal

Varejo prevê crescimento de 0,30% em outubro

Cesta básica paulistana registra alta de 0,29%


Veja também