Notícia 11:59 - 09 de julho de 2020

Os fornecedores dos EUA são mundialmente conhecidos por oferecer produtos de alta qualidade, seguros, inovadores e consistentes, e as regiões Centro-Oeste e Nordeste dos Estados Unidos contam com indústrias de processamento de alimentos variadas e bem desenvolvidas.

O Centro-Oeste americano cultiva boa parte dos grãos do mundo, assim como frutas, vegetais, oleaginosas, trigo, milho e tem importante produção de carnes e produtos lácteos. A região é conhecida como o “coração da América” por estar localizada bem no centro do país. As geleiras esculpiram as regiões dos Grandes Lagos e o vale de nascente do Rio Mississipi, ao mesmo tempo em que depositaram o solo fértil característico da região. Hoje, a região Centro-Oeste dos EUA é uma das maiores produtoras de alimentos do mundo.

Já o Nordeste dos EUA oferece diversos produtos de diferentes setores, como por exemplo frutas, produtos lácteos, nozes, snacks, maple syrup, ingredientes, frutos do mar, produtos de valor agregado, naturais, kosher, saudáveis e gourmet. A região é marcada pela história: foi lá que os colonos europeus recém-chegados fundaram os primeiros assentamentos e onde aconteceram fatos históricos, como a assinatura da Declaração de Independência dos EUA. Favorecida pela topografia das colinas da Nova Inglaterra e pela proximidade do Oceano Atlântico, a região produz uma grande variedade de alimentos nativos e comidas típicas regionais.

Vocação Exportadora

Com tanta abundância e com uma indústria bem desenvolvida, os produtos dessas regiões fazem sucesso no mundo todo: o Centro-Oeste americano se destaca na exportação de grãos, carnes (bovina e suína), alimentos processados e bebidas em geral. Já o Nordeste, se destaca por exportar alimentos processados, bebidas, ingredientes, óleos e produtos lácteos.

Levando em conta as oportunidades oferecidas por essas regiões, as Associações Food Export-Midwest e Food Export-Northeast – organizações sem fins lucrativos que unem agências estaduais de promoção agrícola de 13 estados do Centro-Oeste e 10 estados do Nordeste dos Estados Unidos e que são financiadas pelo USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) e pela indústria – trabalham para ajudar importadores a desenvolver parcerias globais de sucesso com exportadores americanos de alimentos e bebidas.

Como a Food Export apoia importadores?

A Food Export oferece diversos serviços e programas à importadores e exportadores. Atua através de uma rede de representantes ao redor do mundo que, com ampla experiência e expertise de mercado, promovem o desenvolvimento de relações de negócios entre americanos e empresas estrangeiras, abrindo mercados internacionais para alimentos e bebidas dos Estados Unidos. Com escritório em São Paulo, a River Global é a empresa de consultoria que representa a Food Export na América do Sul, fornecendo apoio para o importador brasileiro.

São diversos benefícios que os serviços da Food Export podem oferecer, como por exemplo, informações de ponta e atualizações de tendências de mercado e produtos dos EUA, simplificação e apoio no contato com fornecedores americanos qualificados que oferecem uma grande variedade de produtos, networking, busca de produtos e fornecedores, possibilidade de participar de rodadas de negócios e missões comerciais no Brasil e nos EUA, entre outros.

De acordo com José Madeira, CEO da River Global, “com a assistência dos representantes da Food Export USA, como nós na América do Sul, o acesso e comunicação com fornecedores dos Estados Unidos são alavancados e assim, qualquer importador brasileiro consegue estabelecer parcerias de muito sucesso com os exportadores de alimentos, bebidas, ingredientes, alimentação animal, entre outros produtos agrícolas de valor agregado destas duas importantes regiões dos Estados Unidos”.

Para ter acesso aos programas e serviços gratuitos da Food Export-Midwest e Food Export-Northeast, basta entrar em contato com o representante no Brasil, através do e-mail foodexport@riverglobal.net ou acessar www.foodexportusa.com, ou ainda seguir e mandar uma mensagem pelo Facebook www.facebook.com/foodexportusa.brasil, para saber como a Food Export pode ajudar a desenvolver negócios com os Estados Unidos.

 

 


Veja também