Notícia 17:09 - 07 de maio de 2021

Esta semana a BRF anunciou que investirá até 2022 o valor de R$ 292 milhões na modernização e ampliação das unidades da multinacional no Paraná. O anúncio foi feito pelo CEO da companhia, Lorival Luz, por vídeoconferência. O investimento inclui também a retomada da produção de perus na unidade de Francisco Beltrão, no Sudoeste do estado, após a planta do local ter recebido a habilitação para exportar para o México.

"Trata-se de um passo importante para a unidade de Francisco Beltrão, que resgata sua tradição de excelência em perus, e a companhia ganha escala e capacidade de atender melhor seus clientes no Brasil e no exterior", afirma Evandro Hister, diretor-geral de Indústria da BRF.

Um dos primeiros movimentos de ampliação de operação de Francisco Beltrão é a integração de mais 200 aviários. O início do alojamento está previsto para novembro deste ano, para garantir uma produção estimada em 7,5 mil aves por dia, a partir do segundo trimestre de 2022. A unidade que receberá investimentos em ampliação, modernização, incubatório e fábrica de rações, também contará com a criação de mais de 400 empregos diretos.

"A BRF tem uma presença relevante no estado do Paraná. Geramos 18,5 mil empregos diretos e contamos com cerca de dois mil produtores integrados. Queremos gerar mais oportunidades e avançar na nossa agenda de crescimento rumo à Visão 2030, seguindo o propósito de levar uma vida melhor a todos com integridade, segurança e qualidade", completa o CEO da empresa.

Concluído em março, o processo de habilitação da unidade para a exportação de perus ao México incluiu uma auditoria da fábrica, com oito horas de duração, da qual os auditores do governo mexicano inspecionaram todas as etapas de produção. Inclusive foi a primeira videoauditoria para exportação de perus feita no Brasil, dessa forma, por conta da Covid-19.

 

 


Veja também