Artigo 15:32 - 17 de dezembro de 2019
Chegamos ao final de mais um ano e a correria nas lojas supermercadistas para as compras natalinas aumenta progressivamente. Quanto mais perto da data do natal e do réveillon, maior é o contingente de clientes na área de venda, pois o brasileiro, como sabemos, não tem muito planejamento de
compra, aguarda promoções relâmpago de produtos sazonais e sempre deixa tudo para última hora.
 
É comum e até hilário, ver cenas de clientes se curvando para passar por baixo de portas de aço, das lojas que estão encerrando suas atividades dia 24 e 31 de dezembro.
 
O atendimento nesta época do ano, deve ir além, superar as expectativas, pois o cliente está mais sensibilizado, emotivo e ansioso com o período. Devemos oferecer de tudo para que sua ceia de natal e fim de ano, sejam inesquecíveis e marcantes.
 
Tendo em vista este cenário, a exposição de produtos sazonais na área de vendas, para o cliente que utiliza o autosserviço, deve ser estratégica.
Sabemos que os produtos sazonais da época não serão esquecidos, mas se possível, também ofereça ao seu cliente produtos que tem maior giro no período como papel alumínio, papel toalha, guardanapos, energéticos, pão de queijo congelado, creme de leite fresco, gelatina sem sabor e até essência de baunilha. Utilize também da estratégia de fazer uma venda casada inteligente, como a inserção de cravo da índia e mel (de glicose ou não) próxima a gôndola / ilha refrigerada do tender, canela em pó no balcão de padaria se sua loja vender pão para rabanada e batata palha na seção de FLV e não só no corredor de snacks.
 
Coloque sidras, espumantes, filtrados e champagnes na refrigeração, ao alcance e visão do cliente. Vale lembrar que essa categoria tem um aumento de venda de 659% na segunda quinzena de dezembro, segundo a AC Nielsen.
 
Converse com todos os repositores de mercearia de sua loja para tomar muita atenção quanto aos carrinhos, pallets e caixas de papelão, deixadas em corredores para o devido abastecimento do setor. Com o maior movimento de pessoas, o corredor pode ficar obstruído, fazendo que o cliente muitas vezes deixe de entrar, perdendo venda.
 
Finalizando, muita atenção com os colaboradores da frente de caixa, ao fazer a escala dos dois últimos dias que antecedem o Natal e o réveillon. Se possível, insira os melhores, os mais capacitados e engajados da equipe nos movimentos de maior pico. Se necessário negocie a troca de horário com alguma vantagem para o colaborador que aceitar sua proposta. O objetivo é atender rapidamente o cliente tirando a fila o mais rápido possível.

 


Veja também