Notícia 12:33 - 10 de julho de 2020

Depois de mais de 100 dias em isolamento social, incluindo as medidas atuais de relaxamento que estão  sendo adotadas em diversas cidades, a Riachuelo continua contribuindo com doações para o combate ao coronavírus.

Desde o início da pandemia, a companhia doou mais de 8 milhões de itens entre produtos hospitalares, máscaras de proteção e peças de roupas, o equivalente a R$ 35 milhões em recursos próprios. A empresa também doou 1 tonelada de tecidos para artesãs produzirem máscaras e obterem renda.

Por conta dessas ações, uma pesquisa realizada pelo Monitor de Doações registrou que além da Riachuelo estar na liderança do ranking entre as suas concorrentes, ela também está entre as 35 companhias que mais doaram no País.

Os produtos estão sendo distribuídos para os órgãos de saúde, prefeituras de cidades de diversos estados, instituições sociais e comunidades vulneráveis, como o projeto Free Free, a Liga Contra o Câncer, a Central Única das Favelas (CUFA), Cruz Vermelha, Exército da Salvação, entre outras organizações não governamentais.

“Ainda não temos previsão de quando a situação será normalizada completamente, mas seguiremos contribuindo e visando minimizar os impactos causados pela Covid-19", informa Oswaldo Nunes, CEO da Riachuelo.

 


Veja também