Notícia 12:17 - 10 de junho de 2021

Na coletiva desta quarta-feira (dia 9), o Governador de São Pauo, João Doria, e o Secretário da Fazenda e Planejamento, Henrique Meirelles, dentre os vários pronunciamentos, anunciaram dados da Fundação Seade que revelam crescimento de quase 2% no primeiro trimestre deste ano com relação ao último de 2020. Os resultados positivos ainda elevam as projeções de crescimento do PIB para 2021, prevendo alta acima de 6%, podendo chegar a 7,6%.

Os cálculos mostram que se mantém a tendência de aceleração de São Paulo. Em 2020, enquanto o PIB brasileiro recuou 4,1%, em linha com a economia mundial, São Paulo cresceu 0,3%, mesmo sob os efeitos da pandemia causada pelo coronavírus.

"O programa de vacinação do Estado de São Paulo tem sido fundamental para a economia. A queda dela no ano passado, deu-se como resultado da pandemia, mas hoje ela está subindo, não só como resultado da vacinação, mas principalmente da perspectiva da vacinação acelerada da população", destacou Henrique Meirelles sobre as consequências desses resultados.

Nos primeiros quatro meses deste ano, São Paulo cresceu 8,9% em relação ao mesmo período do ano passado. Ao se observar apenas o mês de abril deste ano, o crescimento foi de 18,9% em relação ao mesmo período do ano passado, de acordo com o PIB+30, outro indicador da Fundação Seade. "São Paulo mostra que é possível fazer mais. A economia paulista deu mais um sinal de força ao se expandir mesmo em meio à pandemia", completou o Secretário.

Fonte da imagem: Governo do Estado de São Paulo


Veja também