Notícia 14:28 - 13 de outubro de 2021

Até o momento, o setor supermercadista do estado de São Paulo abriu 12.193 postos de trabalho, entre os meses de janeiro e agosto de 2021, representando 46% de todos os empregos abertos no comércio durante este ano, segundo a análise feita pela APAS (Associação Paulista de Supermercados), com base nos dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED). Mas a expectativa é de que até o final deste ano esse número aumente ainda mais. 

“Tradicionalmente as contratações do setor supermercadista, como do comércio de um modo geral, aquecem no fim de ano, graças aos postos de trabalho temporários. Até o fim do ano a expectativa do setor é que sejam contratadas mais 20 mil pessoas para trabalhar nos supermercados. Boa parte, é claro, com chances reais de efetivação”, avalia o presidente da APAS, Ronaldo dos Santos.

Atualmente o setor supermercadista do estado de São Paulo emprega 579.138 pessoas. Além disso, o cenário de empregabilidade no comércio paulista registrou 116.073 admissões e 89.822 desligamentos, representando um saldo de 26.251 novas posições no acumulado do ano. Considerando somente o mês de agosto, o setor de "Serviços" foi a atividade econômica de maior saldo de emprego em São Paulo, disparando na frente do Comércio e da Indústria.

Créditos da imagem: iStock


Veja também