Notícia 15:20 - 05 de junho de 2019

O movimento de vendas do varejo na cidade de São Paulo aumentou cerca de 6,1% em maio deste ano em comparação com o mesmo período de 2018, de acordo com o Balanço de Vendas da Associação Comercial de São Paulo (ACSP). Sendo que as transações a prazo apresentaram crescimento de 6,7%, enquanto as à vista avançaram 5,4%.

O economista da ACSP, Marcel Solimeo, afirma que estes números não representam necessariamente uma melhora na economia. “O resultado parece animador, mas é circunstancial em função do efeito-calendário (um dia útil a mais em maio de 2019) e da greve dos caminhoneiros em maio do ano passado, que criou uma base de comparação fraca”, explica.

Ainda de acordo com a pesquisa, as vendas aumentaram 2,6% entre janeiro e maio deste ano. “Esse dado dos cinco primeiros meses do ano acompanha a evolução da massa salarial e a cautela do consumidor, que aguarda alguma recuperação do emprego para, então, voltar a comprar”, afirma Solimeo. Nesse período, o sistema a prazo (1,2%) foi pior do que o sistema à vista (4%), o que reflete o receio do consumidor em comprometer-se com dívidas.

 

BALANÇO DE VENDAS ACSP
Variação % - Maio/2019

Modalidade

Maio2019 /
Abril 2019

Maio 2019 / 
Maio 2019

Acumulado 2019 / Acumulado 2018

Últ. 12 M / 
12 M Ant.

A PRAZO

10

6,7

1,2

3,8

À VISTA

34,6

5,4

4

0,1

Média

22,3

6,1

2,6

2

Fonte: amostra fornecida pela Boa Vista SCPC
Elaboração: Instituto de Economia Gastão Vidigal/ACSP